KOT BUILD UP

Tempo de leitura: 4 minutos

Pensando em inovar o tradicional método de seleção de profissionais, a KOT buscou alternativas para a escolha de novos colaboradores. O resultado foi a criação do concurso “KOT BUILD UP” que permite aos estudantes a aplicação prática dos conhecimentos aprendidos na universidade.

O evento foi realizado com bastante sucesso em duas oportunidades (2018 e 2019) e, infelizmente, foi suspenso nos anos seguintes devido à pandemia do coronavírus. Em linhas gerais, o concurso baseia-se na inscrição de equipes de 2 ou 3 integrantes que somam esforços para projetar e construir uma estrutura que respeite as especificações técnicas do edital proposto pela KOT. Os participantes devem ser obrigatoriamente estudantes de graduação de cursos de engenharia que estejam devidamente matriculados em alguma universidade. 

Na primeira edição, foi proposta a criação de uma torre composta de palitos de madeira e adesivos, que deveria suportar o máximo de carga adicionada em sua plataforma superior. Na segunda edição do programa, a estrutura deveria ser feita a partir de alguns materiais como palito de madeira, palito de picolé e linha de pedreiro, com uma massa de, no máximo, 500 gramas (excluindo o contrapeso), respeitando a configuração proposta na Figura 1. Todas as regras para o projeto da estrutura foram especificadas em um edital próprio disponibilizado para os participantes antes da inscrição.

Figura 1: Restrições dimensionais do protótipo. [1] 

O KOT BUILD UP tenta simular o ambiente em que os engenheiros calculistas estarão inseridos no seu dia a dia de trabalho para  avaliar as competências técnicas necessárias para o desenvolvimento da função. Sendo assim, o processo é dividido em duas etapas distintas, sendo a primeira fase referente à concepção do projeto, feita remotamente, e a segunda referente a apresentação e teste do protótipo, feita presencialmente. 

  • Primeira fase:

 Cada equipe deve apresentar o seu protótipo em um relatório técnico, contendo a memória de cálculo que justifique as escolhas realizadas. Nesta etapa são avaliados diferentes tipos de conhecimentos tais como: ciência dos materiais, resistência dos materiais, elaboração de textos científicos e desenvolvimento de projetos. A comissão responsável pelo processo seletivo analisa cada relatório e atribui pontuação conforme os critérios definidos. As equipes com as melhores classificações avançam para a próxima fase e recebem os materiais necessários para a construção do protótipo. 

  • Segunda fase:

Nessa etapa as  equipes possuem um tempo de até 10 minutos para fazer uma apresentação do projeto, divulgando as premissas técnicas adotadas para o desenvolvimento da estrutura. Na sequência, há a realização do teste das estruturas dos competidores, submetendo-as ao acréscimo de carga progressivo até o aparecimento de algum modo de falha como, por exemplo, colapso de algum componente, tombamento em qualquer direção, violação dos limites geométricos da base, dentre outros. 

Os protótipos dos três primeiros colocados da segunda edição podem ser vistos na Figura 2.

Figura 2: Fotografia de alguns protótipos criados pelos participantes – Segunda edição KOT BUILD UP. [1]  

A equipe que obtêm a maior pontuação geral entre todas as etapas do BUILD UP é a vencedora e os integrantes são convidados a tornarem-se colaboradores da empresa, permitindo que as suas habilidades e conhecimentos possam ser desenvolvidas. Além disso, os três primeiros colocados recebem um prêmio financeiro que visa reconhecer o esforço e talento empregado. Em versões anteriores houve destaque para integrantes de equipes que não venceram e, devido à disponibilidade interna de mais vagas e o reconhecimento do talento, esses estudantes também foram convidados a se tornarem colaboradores da empresa. Toda a equipe avaliadora está atenta para identificar os novos talentos e enxergar além da competição.

Figura 3: Participantes do KOT BUILD UP em suas duas edições realizadas. [1]  

Após as duas edições realizadas, pode-se concluir que o concurso teve bastante sucesso em sua proposta. Todos os participantes são estimulados a aplicar os conhecimentos e técnicas de análise estrutural e desenvolverem habilidades de trabalho em equipe, comunicação e redação a partir das apresentações e relatórios técnicos, sendo uma experiência que enriquece todos os envolvidos.  Além disso, os estudantes que tiveram a oportunidade de realizar o programa na empresa mostraram um excelente desempenho para as funções a que foram submetidos.

A KOT espera, muito em breve, poder retornar com o KOT BUILD UP, conectando-se sempre com o ambiente acadêmico e oferecer oportunidades a profissionais que estão iniciando sua trajetória e que desejam compartilhar o crescimento em conjunto. Seguindo os ensinamentos do nosso fundador, Ihor Kotchergenko, a KOT se propõe a ser uma usina de profissionais qualificados para atendimento das necessidades dos seus clientes e dos desafios da Engenharia brasileira.

A todos estudantes, convidamos para que fiquem atentos às redes sociais da KOT Engenharia para participar das próximas edições.

Entre em contato com o time de especialistas da KOT!

Equipe KOT Engenharia

Com mais de 27 anos de história e diversos serviços prestados com excelência no mercado nacional e internacional, a empresa promove a integridade dos ativos dos seus clientes e colabora nas soluções dos desafios de Engenharia. Para essa integridade, utiliza ferramentas para o cálculo, inspeção, instrumentação e monitoramento de estruturas e equipamentos.

Referências:

[1] Acervo KOT Engenharia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *