ANÁLISE PELO MÉTODO DOS ELEMENTOS DISCRETOS (DEM)

A KOT Engenharia utiliza o Método dos Elementos Discretos (MED), ou Discrete Element Method (DEM), para análise de fluxos de material granulado em transportadores, chutes de transferência, silos, descargas de caminhões ou escavadeiras, desviadores de fluxo e moinhos.

Por meio da simulação numérica do fluxo de material é possível identificar diversos fenômenos que podem ocasionar problemas ao processo, tais como falhas estruturais, desgaste acentuado de placas de desgaste ou de correias transportadoras, entupimento de chutes, excesso de poeira, velocidade excessiva, perda de material e despejo descentralizado. Após análise, é possível propor modificações estruturais para mitigar esses problemas.

Os principais benefícios dessa simulação são:

  • Predição do fluxo de partículas pela estrutura considerando a colisão entre si e com as superfícies existentes (chutes, correia, desviadores, chapas de desgaste, etc.);
  • Possibilita um ajuste preciso de posição das correias, chapas de impacto e demais acessórios do chute de modo a otimizar o fluxo conforme a necessidade;
  • Aumenta consideravelmente a vida útil de correias, pois reduz o desgaste nos pontos de alimentação.

Para tanto, podem ser utilizados os softwares Rocky e EDEM, nos quais o modelo tridimensional é adequado e o material é calibrado após caracterização. Em algumas situações, o DEM é aliado ao CFD para soluções de, por exemplo, problemas de fluxo de ar e geração de zonas de turbulência no sistema de transferência. 

QUAL SUA NECESSIDADE EM SIMULAÇÃO DE FLUXO? PODEMOS AJUDAR.